O segredo de Shakespeare

"… a história do garoto de Stratford ilustra uma questão de grande importância: a genialidade pode surgir em qualquer lugar. Qualquer um pode ser grande.”

Kate Staley, uma estudiosa de Shakespeare que largou a vida acadêmica para ser diretora de teatro, está prestes a estreiar Hamlet no Globe em Londres que é uma cópia do teatro medieval de Shakespeare, quando recebe a visita de sua antiga orientadora Roz, com quem teve um desentendimento. A visita de Roz não é mera casualidade, ela diz a Kate que descobriu algo e que precisa de sua ajuda, as duas marcam um encontro em outro local, mas a orientadora é assassinada antes que possam se falar, e o Globe é incendiado assim Kate se vê jogada em uma aventura, com direito à perseguição policial e um lastro de incêndios e assassinatos.

Me interessei por este livro porque é sobre o bardo, conheço superficialmente a sua obra, mas sempre tive vontade de aprender mais sobre ele. O pouco que eu conhecia se resumiam nas teorias Oxfordianas de que Shakespeare é na verdade é Edward de Vere, 17º Conde de Oxford e o genial jogo de palavras com os quais ele brincava em seus sonetos.

A história é bem ao estilo dos thrillers históricos como Código da Vinci, uma trama intrincada de mistérios que vão se encadeando ao longo da narrativa, a qual achei um pouco enfadonha em alguns pontos, principalmente na história paralela que entremeia a ação nos dias atuais. Várias “viradas” na história são desnecessárias e a tornam cansativa, mas mesmo assim o livro prende a atenção. Para quem como eu conhece pouco do contexto histórico da vida e da obra de Shakespeare o livro pode parecer confuso tamanha a quantidade de informações e referências, mas ainda assim a leitura é uma boa diversão.

4 thoughts on “O segredo de Shakespeare

  1. eu comprei por acaso num aeroporto e li durante a viagem. me diverti bastante, é bem naquele estilão dan brown mas não tenta se vender de jeito diferente.

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

    mimuller Reply:

    Ah ele é mesmo bem divertido, é o tipo de leitura que gosto de intercalar com os clássicos 😉
    estrelinhas coloridas…

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

  2. Ei Mi,

    Este eu não conhecia e achei o enredo muito interessante. Não estou muito por dentro da história de Shakespeare, sempre leio textos soltos ou pedaços das histórias. Agora tenho preguiça quando eles enchem de linguiça para estender o livro.

    P.S: Tem uma seção nova no blog hoje, uma crônica baseada naquela resenha de “Como ser Solteira”, depois da uma olhada lá se puder ^^

    beijoo

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

    mimuller Reply:

    A história de Shakespeare é mesmo super misteriosa, vale a pena conhecer um pouco mais, nesse livro mesmo tem uma pequena biografia em que a autora cita os fatos que ela usou para construir a trama do livro, bem legal 🙂
    estrelinhas coloridas…

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.