Para Sempre

Para Sempre conta a história de Ever, uma menina que até a pouco tempo costumava ser uma adolescente comum, tinha amigos, era líder de torcida, mas um acidente que mata seus pais, sua irmã caçula Riley e sua cadela Buttercup, ela sobrevive mas carrega como uma lembrança permanente de sua experiência de quase-morte a capacidade de ver auras e escutar pensamentos.

Após o acidente ela passa a morar com a tia, sua única parente, e agora é uma menina muito diferente, desorientada, confusa e que se esconde sob o capuz de agasalhos largos e está sempre com o ipod ligado no volume mais alto em uma tentativa de manter afastadas a profusão de pensamentos nem sempre agradáveis a sua volta. Nesta sua nova vida ela tem apenas dois amigos, Haven e Miles e é também em sua nova escola que ela conhece Damen, um garoto absurdamente lindo e que tem a capacidade de neutralizar as interferências energéticas que inundam a mente dela, isso faz com que ela fiquei intrigada e assustada ao mesmo tempo.

Não sei vocês mas eu ando meio cansada de livros cuja trama envolve mocinho imortal + mocinha + vilões rasos, e Para Sempre não é nada além disso. Tem uma estrutura narrativa fraca, personagens que não causam empatia e uma profusão de influências espiritualistas que ao invés de instigarem a curiosidade cansam. As personagens são uma galeria de caricaturas, a protagonista é irritante ao extremo, se esconde no papel de vítima ao invés de enfrentar seus traumas, Haven tem uma autoestima tão baixa que se fossemos medir ela teria índice negativo, as antagonistas são tão senso comum que chega a ser risível, Miles o amigo gay ainda tem uma tiradas engraçadas mas ainda assim caricato e ainda temos Damen, o garoto cuja beleza beira à perfeição, é misterioso e esconde um segredo ancestral. Opa! Já não conhecemos esse enredo? Pois é as semelhanças com outras séries com temática sobrenatural saltam ao olhos e me deixaram com expectativas muito baixas e isso foi ótimo porque trama não surpreendeu em nenhum momento, é um amontoado de clichês que não trazem nenhum sopro de frescor que os justifique, é o velho mais do mesmo.

10 ideias sobre “Para Sempre

  1. Concordo com você! Sobrenatural clichê. Cansativo, raso. Nem compraria, só li porque ganhei… Ainda comprei o segundo, dando uma chance a história, mas Lua Azul é pior ainda… =S Não sei como Ever consegue ter tanta falta de inteligência… Ai, ai…

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

    mimuller Reply:

    Também achei o segundo ainda pior, nem sei como isso foi possível hehehehe… nem vou fazer resenha dele porque vou te dizer coisas mais chata escrever sobre o que não gostei hehehehehe
    estrelinhas coloridas…

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

  2. Eu até não cansei ainda do lance imortal e tal – sou insistente, mas esse eu achei ruim, os personagens me irritaram, a Ever sempre fazendo besteira e o “cara maravilhoso” é tão morno e esquecível.

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

    mimuller Reply:

    Não me expressei muito bem quanto a isso de estar cansada de sobrenatural, eu cansei mesmo foi dessa onda de livros rasos e tudo com o mesmo, porque da temática eu gosto, mas quando bem escrita, e esse né, que coisa mais mal escrita hehehehehe…
    estrelinhas coloridas…

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

  3. Confesso que estava curiosa para ler esta saga, mas depois da sua resenha vai ficar para segundo plano.
    Tramas com triangulos amorosos e amores impossíveis esta ficando cada dia mais manjado :-S

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

    mimuller Reply:

    Então Vivi eu acho que tem muito autor entrando nessa onda só por causa do boom que este nicho teve, tem autores ótimos e eu gosto de vários, mas é uma pena que a situação esteja assim tão saturada.
    estrelinhas coloridas…

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

  4. Oi Mi,
    Eu confesso que sou do tipo de leitora que curte livros mais “comerciais” e os livros com temas sobrenaturais ocupam boa parte da minha estante!! Sempre começo a ler um livro sem grandes expectativas e sem pensar em outros livros que eu já li! Não achei esse primeiro livro tão ruim!! Não achei uma maravilha da literatura, longe disso, mas passei umas duas horinhas interessantes com ele!!
    Não posso dizer o mesmo sobre as continuações… mas isso é outro papo!!
    Beijos
    Camila – Leitora Compulsiva

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

    mimuller Reply:

    Oi Camila eu também curto livros “mais comerciais” o que anda me dando nos nervos mesmo é o pessoal publicando qualquer coisa só porque está vendendo mais que água no saara, minha estante também é recheada de livros de fantasia. Ah eu me dignei a fazer resenha do segundo porque detestei mais do que a esse, imagina o que eu ia falar dele hehehehehe
    estrelinhas coloridas…

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

  5. Bom saber , Mi!
    Essa série está sempre me rondando, mas por algum motivo nunca consegui realmente me interessar a ponto de comprar e ler. Talvez porque já na sinopse achei que era tudo mais do mesmo… sei lá.
    Sua resenha só veio confirmar o que eu imaginava e me fazer riscar de vez essa série da minha lista de próximas leituras.^^
    Bjocas

      (Quote)  (Reply)

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.